Sherry - First One

Palavras japonesas de origem portuguesa

     A existência de numerosas palavras japonesas de origem portuguesa resulta da chegada ao Japão dos primeiros portugueses em 1543, sendo os primeiros europeus a aportar e a estabelecer um fluxo contínuo e direto de comércio entre o Japão e a Europa. Durante os séculos XVI e XVII os Jesuítas portugueses, assim como espanhóis, empreenderam um grande trabalho de catequização que só foi destruído com as perseguições religiosas no início do Período Edo (Xogunato Tokugawa). Foram os portugueses os primeiros a traduzir o japonês para uma língua ocidental, no dicionário Nippo Jisho (日葡辞書, Nippojisho) ou "Vocabulário da Lingua de Iapam", compilado por missionários jesuítas portugueses como João Rodrigues e publicado em Nagasaki em 1603. Este dicionário de japonês-português explicava 32.000 palavras em japonês traduzidas para português.
Portanto, foi inevitável que algumas palavras da língua japonesa tenham se originado do Português. A maior parte destas palavras referem-se a produtos e costumes que chegaram pela primeira vez ao Japão através dos comerciantes portugueses. O número de palavras portuguesas no japonês é, segundo Fernando Venâncio Peixoto da Fonseca, mais de quatrocentas. No auge da influência portuguesa no Japão terão existido cerca de quatro mil palavras.
Não há registro de palavras da língua portuguesa que tenham chegado ao Japonês devido à imigração japonesa no Brasil, entretanto o Japonês falado no Brasil incorpora, como esperado, várias palavras do Português falado no Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário