Sherry - First One

#3 - Arigatou

Arigatou


Alguém lhe oferecendo lugar no metrô:

A:
Douzo.
Por favor.

B:
Arigatou.
Obrigado

A:
Douitashimashite.
Não há de quê. / De nada.


Oferecendo presente de aniversário a Mirian:

A:

Mirian-san otanjoubi omedetou. Kore, purezento.
Feliz aniversário, Mirian! Aqui está o presente.

B:
Arigatou.
Obrigada.



Em um casamento:

A:
Go kekkon omedetougozaimassu.
Parabéns pelo seu casamento.

B:
Arigatougozaimassu.
Muito obrigada.

, (arigatou = obrigado) é uma palavra de agradecimento dita à pessoa que, numa atitude gentil, nos cede o assento no metrô ou ônibus, ou nos ajuda no transporte de bagagens pesadas. Como resposta a , dizemos (douitashimashite = não há de quê / de nada) ou, às vezes, simplesmente (iie = por nada), que significa não ter sido nada tão grandioso.

Outrossim, (omedetou = parabéns) é uma palavra de felicitação à pessoa que aniversaria, que ingressa na faculdade ou vence um jogo. Em casamentos ou cerimônias mais formais, ao cumprimento acrescenta-se (gozaimasu), isto é, (omedetougozaimasu). Como resposta a , diz-se e a (omedetougozaimassu), diz-se (arigatougozaimassu), que são 

• Padrões de Sentenças


Isto / isso / aquilo

> (kore = isto) indica algo que está perto da pessoa que fala, e no exemplo, é o presente de aniversário.

> (sore = isso) indica algo que está distante tanto da pessoa que fala quanto da pessoa com quem se fala.

> Embora se diga (kore purezento = isto é um presente), a frase correta e formal seria:
(Kore wa purezentodessu = Isto é um presente).

> Na língua japonesa, as partículas podem ser suprimidas nas conversações, como no caso do , que faz parte do sujeito da oração. Também em conversas informais, podemos suprimir o , que indica polidez.


creditos: Nippo

0 comentários:

Postar um comentário